Expedição no Monte Chauve Trekking até o Salto Grand Machikou

Dia n°1 Cinco anos mais tarde, aqui estamos nós, no aeroporto de Rochambeau, prontos para uma segunda expedição. Duas rotações de helicóptero levam os seis aventureiros e dois guias  ao Monte-Chauve: somos nós! Do céu, nós não demoramos muito para constatar que em alguns anos a floresta que era virgem  se transformou em um queijo suíço cheio de furos das minas de ouro clandestinas além de ter sido sangrada por grandes estradas florestais Mas logo aparece a montanha cobiçada. Após uma aterrissagem sem história, nós constatamos com alívio que ela está intacta. Onda de calor e silêncio impressionante,  encontro marcado com o bom ambiente. No pico, os novatos da expedição sofrem para montar a barraca pois eles não conhecem os nós… Em seguida, cada um sai para sua pequena exploração para  que, depois  de um sublime por do sol,  todos se reencontrem ao redor de um bom fondue suíço ( sim, nós somos sete Helvéticos em oito pessoas)! De barriga cheia, nós passamos uma noite calma quase  quente até demais. Dia n°2 Às seis horas da manhã, o sol se levanta e nós também. A imensidão florestal não para de nos impressionar. Hoje, após uma descida bem íngreme do alto do inselberg  onde nós acampamos, nossos passos nos levam às margens de uma pequena lagoa batizada “Snaky Beach”. Nós passamos o dia apreciando o frescor do ar e ...

Nos lecteurs ont lu ensuite

Il vous reste 67% de l'article à lire.
La suite est réservée à nos abonnés.
Vous avez déjà un compte ou un abonnement ? Se connecter
Souhaitez-vous lire cet article gratuitement ?
Créer un compte

Vous préferez lire Boukan en illimité ?
Je m'abonne
Logo payement
X
Le téléchargement des PDF des numéros n'est pas inclus dans votre abonnement
Envie de télécharger ce numéro au format digital ?

L'intégralité des articles et les PDF pour 29€ par an
Je m'abonne
Logo payement