As trilhas do litoral da Península de Caiena A colina de Montabo

A Península de Caiena constitui uma exceção geológica da costa amazônica: ela é um dos raros afloramentos rochosos entre o estuário do rio Amazonas e o do Orenoque. Pontuada por praias de areia e de montes rochosos, ela oferece paisagens excepcionais caracterizadas por uma natureza demonstrativa e adaptada. Ela é bordada ao leste pelo rio Mahury, à oeste pelo rio Caiena e ao norte pelo rio do Tour de l’île*. É essa cintura fluvial que lhe atribuiu o nome de península. Por conta dessa situação geográfica particular, ela constitui um ponto de “ ruptura ” entre o leste e o oeste do litoral guianês. Os numerosos polidores-afiadores (rochas suportes) ameríndios catalogados na Península de Caiena confirmam uma ocupação humana antiga, muito anterior ao período pré-colombiano. Atualmente, ela vive um desenvolvimento urbano muito importante. Portanto, não surpreende o fato de que esse sítio tenha sido reconhecido como um espaço de interesse público devendo se beneficiar de uma proteção adequada. Para esse fim, o Conservatório do Litoral realiza a aquisição de terrenos e os concede para a gestão de uma comunidade ou associação que se encarrega de protegê-los e valorizá-los. Nessa lógica o Conservatório concedeu para gestão, na cidade de Caiena, diversos locais, que foram inscritos em um projeto global de valorização da orla marítima conduzido pelo município. Esse trabalho, que visava a preservação dos recortes naturais e das ...

Nos lecteurs ont lu ensuite

Il vous reste 78% de l'article à lire.
La suite est réservée à nos abonnés.
Vous avez déjà un compte ou un abonnement ? Se connecter
Souhaitez-vous lire cet article gratuitement ?
Créer un compte

Vous préferez lire Boukan en illimité ?
Je m'abonne
Logo payement
X
Le téléchargement des PDF des numéros n'est pas inclus dans votre abonnement
Envie de télécharger ce numéro au format digital ?

L'intégralité des articles et les PDF pour 29€ par an
Je m'abonne
Logo payement